Procurador da Lava-Jato diz que punição de casos de corrupção no Brasil ‘é uma piada’

Foto: Bombers de La Generalitat (26/07/2015)
Incêndio ameaça florestas e terras agrícolas na Catalunha
27 de julho de 2015
Foto: Pete Souza/ TWH 27/07/2015
Obama pede que governo etíope ajude no combate ao terrorismo
28 de julho de 2015
925
Compartilhe
Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

27/07/2015- Rio de Janeiro- RJ, Brasil-   Integrante da força-tarefa da Operação Lava-Jato, o procurador Deltan Dallagnol criticou, nesta segunda-feira, a demora do sistema judiciário brasileiro em julgar casos envolvendo crimes de corrupção. Em entrevista a jornalistas antes de participar de uma apresentação do projeto “10 medidas contra a corrupção”, iniciativa do Ministério Público Federal (MPF), Dallagnol afirmou que o modo de como a corrupção é punida no país “acaba se tornando uma piada”.

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)

Foto: Vladimir Platonow/ Agência Brasil (27/07/2015)