Programa Alimento Saudável amplia hortas educativas e compra de orgânicos na merenda

A nave de reabastecimento Cygnus chega a Estação Espacial Internacional
16 de novembro de 2017
Treino do Paris Saint-Germain na manhã desta quinta-feira
16 de novembro de 2017
564
Compartilhe
16/11/2017- A Prefeitura de São Paulo lançou o programa Alimento Saudável nesta quinta-feira (16), com ações da Secretaria Municipal de Educação, que amplia a compra de produtos da agricultura familiar e de orgânicos para a merenda escolar da rede municipal de ensino e lança o aplicativo Prato Aberto. Também começa a implantação de mais 200 hortas pedagógicas em escolas Foto: HELOISA BALLARINI/SECOM

16/11/2017- A Prefeitura de São Paulo lançou o programa Alimento Saudável nesta quinta-feira (16), com ações da Secretaria Municipal de Educação, que amplia a compra de produtos da agricultura familiar e de orgânicos para a merenda escolar da rede municipal de ensino e lança o aplicativo Prato Aberto. Também começa a implantação de mais 200 hortas pedagógicas em escolas Foto: HELOISA BALLARINI/SECOM

16/11/2017- A Prefeitura de São Paulo lançou o programa Alimento Saudável nesta quinta-feira (16), com ações da Secretaria Municipal de Educação, que amplia a compra de produtos da agricultura familiar e de orgânicos para a merenda escolar da rede municipal de ensino e lança o aplicativo Prato Aberto. Também começa a implantação de mais 200 hortas pedagógicas em escolas Foto: HELOISA BALLARINI/SECOM

16/11/2017- A Prefeitura de São Paulo lançou o programa Alimento Saudável nesta quinta-feira (16), com ações da Secretaria Municipal de Educação, que amplia a compra de produtos da agricultura familiar e de orgânicos para a merenda escolar da rede municipal de ensino e lança o aplicativo Prato Aberto. Também começa a implantação de mais 200 hortas pedagógicas em escolas Foto: HELOISA BALLARINI/SECOM

16/11/2017- A Prefeitura de São Paulo lançou o programa Alimento Saudável nesta quinta-feira (16), com ações da Secretaria Municipal de Educação, que amplia a compra de produtos da agricultura familiar e de orgânicos para a merenda escolar da rede municipal de ensino e lança o aplicativo Prato Aberto. Também começa a implantação de mais 200 hortas pedagógicas em escolas Foto: HELOISA BALLARINI/SECOM