Programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas recupera passeios na Penha, zona leste de SP

Foto: Euroformula F3 Open/Photospeedy
Matheus Iorio é tocado após a largada e abandona segunda prova da Euroformula F3 Open em Paul Ricard
11 de junho de 2017
Estado e Prefeitura de SP realizam nova operação na Cracolândia
11 de junho de 2017
313
Compartilhe

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP

11/6/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu neste domingo (11) a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. Apenas neste domingo, a ação recuperou cerca de 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável. Foto: Heloísa Ballarini / SECOM-PMSP