Programa Cidadania nos Presídios do ES tem presença do Presidente do STF, Ricardo Lewandowski

Foto: Leandro Martins/ DGW Comunicação
Brasil Open 2016: Daniel Munoz De La Nava contra Roberto Carballes Baena
22 de fevereiro de 2016
Foto: Comunicação Setorial Agetop (21/01/2016)
Rompimento de barragem em propriedade particular provoca grandes estragos na pista da GO-070, no trecho Itaberaí-Itrauçu, em Goiás
22 de fevereiro de 2016
491
Compartilhe
Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

22/02/2016 – Viana – ES, Brasil – O Espírito Santo foi o primeiro estado da Federação a receber o projeto Cidadania nos Presídios. O Estado foi escolhido como estado-piloto para implantação do projeto do CNJ por ser referência nacional na administração do sistema prisional, principalmente, na área de ressocialização dos detentos. Atualmente, o Estado possui 3,5 mil internos estudando e 2,4 mil detentos trabalhando.

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ