Projeto de equoterapia realiza 15 mil atendimentos no Rio de Janeiro

António Guterres chega a Cabul para reunião com líderes afegãos
14 de junho de 2017
Campus Party vai reunir mais de 40 mil pessoas a partir de hoje em Brasília
14 de junho de 2017
448
Compartilhe

14/6/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O Centro de Equoterapia do Regimento de Polícia Montada, criado em 1996 através de um projeto piloto do Regimento de Polícia Montada Coronel Enyr Cony dos Santos (RPMont-CECS), já realizou cerca de 15 mil atendimentos. O projeto, que presta assistência gratuita a crianças com necessidades especiais, começou com apenas três praticantes portadoras da síndrome de Down, paralisia cerebral e tetraplegia. Com capacidade para atender até 81 praticantes, o local é hoje o principal centro de equoterapia gratuito do Estado do Rio de Janeiro. Foto: Foto Marcelo Horn / GERJ (17/10/2012)

14/6/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O Centro de Equoterapia do Regimento de Polícia Montada, criado em 1996 através de um projeto piloto do Regimento de Polícia Montada Coronel Enyr Cony dos Santos (RPMont-CECS), já realizou cerca de 15 mil atendimentos. O projeto, que presta assistência gratuita a crianças com necessidades especiais, começou com apenas três praticantes portadoras da síndrome de Down, paralisia cerebral e tetraplegia. Com capacidade para atender até 81 praticantes, o local é hoje o principal centro de equoterapia gratuito do Estado do Rio de Janeiro. Foto: Foto Marcelo Horn / GERJ (17/10/2012)

14/6/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O Centro de Equoterapia do Regimento de Polícia Montada, criado em 1996 através de um projeto piloto do Regimento de Polícia Montada Coronel Enyr Cony dos Santos (RPMont-CECS), já realizou cerca de 15 mil atendimentos. O projeto, que presta assistência gratuita a crianças com necessidades especiais, começou com apenas três praticantes portadoras da síndrome de Down, paralisia cerebral e tetraplegia. Com capacidade para atender até 81 praticantes, o local é hoje o principal centro de equoterapia gratuito do Estado do Rio de Janeiro. Foto: Foto Marcelo Horn / GERJ (17/10/2012)