Projeto Praças Inteligentes começa no Santo Antônio Além do Carmo

O Museu Nacional Honestino Guimarães é um museu brasileiro criado e administrado pelo governo do Distrito Federal, Brasil
28 de agosto de 2018
Prefeitura entrega óculos que transforma textos em áudio para a Biblioteca Prestes Maia
28 de agosto de 2018
465
Compartilhe

Projeto Praças Inteligentes começa no Santo Antônio Além do Carmo

Acordar cedo, fazer alguns exercícios físicos na praça do Santo Antônio Além do Carmo e depois ler as principais notícias do dia pelo celular, conectado a uma rede wi-fi gratuita. E tudo isso com segurança. Essa é a realidade esperada após a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) implementar o Projeto das Praças Inteligentes no local. O programa é realizado em parceria com o Rotary Club da Bahia, Companhia de Governança Eletrônica do Salvador (Cogel) e a Guarda Civil Municipal (GCM).

“As inovações introduzidas ajudarão a tornar a praça um lugar mais acolhedor, adequado para as crianças e seguro para ser frequentada, principalmente à noite. O equipamento escolhido para este novo experimento é a Praça Santo Antonio Além do Carmo, um espaço histórico que foi completamente requalificado pela Desal”, afirmou Marcílio Bastos, presidente da Desal.

A Praça Santo Antonio Além do Carmo, escolhida para requalificação desta vez, será monitorada por gravações durante 24 horas, com alta tecnologia e todas as ferramentas para a visualização das imagens. O equipamento está estrategicamente posicionado e possui iluminadores infravermelhos, que permitem visão noturna. As câmeras também oferecem alarmes em caso de tentativa de obstruir a captação. A implantação do projeto deve ser concluída dentro de 90 dias. A próxima praça a ser contemplada pelo projeto é a Lord Cochrane, na Avenida Garibaldi.

O Projeto Praças Inteligentes foi desenvolvido pela Desal, enquanto a parte de tecnologia é de responsabilidade da Rotary e Cogel. A Cogel irá desenvolver o programa, e todos os equipamentos serão doados pelo Rotary, que fará campanhas educativas no local. O último passo será da Guarda Civil Municipal, que será encarregada da fiscalização e proteção do equipamento.

Tecnologia – O georeferenciamento, tecnologia que mapeia as praças de Salvador, permitindo aos funcionários da Desal ter informações sobre os espaços através de um aplicativo, já é uma realidade. Cerca de 20% das praças de Salvador são georeferenciadas e, até o final do ano, a companhia pretende ter 50% cobertas pela tecnologia.

Desde 2013, a Desal tem requalificado praças de Salvador, com o objetivo de trazer mais desenvolvimento em tecnologia e segurança para a população da capital baiana. Alguns exemplos são as academias de saúde ao ar livre, passarelas, dog parks (espaços para cães), bancos anti-vandalismo, piso intertravado, entre outras estruturas.

SECOM

Equipe FP