Projetos do Estado ganham destaque na Feira do Artesanato, no Pará

Rodoviários fazem greve em Brasília
28 de agosto de 2017
Tempestade tropical Harvey castiga o Texas
28 de agosto de 2017
533
Compartilhe

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ DATA: 27.08.2017 BELÉM - PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

Após nove dias de exposições de produtos de mais de 20 países, promovendo também o trabalho de artesãos de todo o país, terminou neste domingo, 27, a 7ª Feira do Artesanato Mundial (FAM), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. Na foto, projeto Cultivando Flores e Vidas, desenvolvido em parceria com o próprio NAC e as Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa).
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

O estande do NAC (foto) contou com a venda de produtos desenvolvidos por pessoas atendidas pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa); Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), por meio da Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe); Fundação Cultural do Pará (FCP) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), com o projeto Cultivando Flores e Vidas, desenvolvido em parceria com o próprio NAC e as Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa).
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

O estande do NAC (foto) contou com a venda de produtos desenvolvidos por pessoas atendidas pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa); Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), por meio da Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe); Fundação Cultural do Pará (FCP) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), com o projeto Cultivando Flores e Vidas, desenvolvido em parceria com o próprio NAC e as Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa).
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

O estande do NAC (foto) contou com a venda de produtos desenvolvidos por pessoas atendidas pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa); Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), por meio da Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe); Fundação Cultural do Pará (FCP) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), com o projeto Cultivando Flores e Vidas, desenvolvido em parceria com o próprio NAC e as Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa).
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ

O estande do NAC (foto) contou com a venda de produtos desenvolvidos por pessoas atendidas pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa); Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), por meio da Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe); Fundação Cultural do Pará (FCP) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), com o projeto Cultivando Flores e Vidas, desenvolvido em parceria com o próprio NAC e as Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa).
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
DATA: 27.08.2017
BELÉM – PARÁ