Queda nas doações de sangue podem chegar a 40% este mês

Foto Ricardo Stuckert
Lançamento da 2ª Fase do Memorial da Democracia do Instituto Lula
10 de julho de 2017
Zveiter dá parecer favorável à admissibilidade da denúncia
11 de julho de 2017
265
Compartilhe

Uma única doação de sangue pode ajudar até quatro pacientes. Como o técnico em refrigeração Carlos André, portador de uma doença de nome complicado e considerada rara, a Hemoglobinúria Paroxística Noturna (HPN). “Ele sentia muito cansaço e tinha uma anemia constante e profunda. O diagnóstico veio há um ano e ele sempre precisa de sangue”, explica a esposa, Josi Maia, (Foto). FOTO: Ag. Pará DATA: 10.07.02107 BELÉM - PARÁ

Uma única doação de sangue pode ajudar até quatro pacientes. Como o técnico em refrigeração Carlos André, portador de uma doença de nome complicado e considerada rara, a Hemoglobinúria Paroxística Noturna (HPN). “Ele sentia muito cansaço e tinha uma anemia constante e profunda. O diagnóstico veio há um ano e ele sempre precisa de sangue”, explica a esposa, Josi Maia, (Foto).
FOTO: Ag. Pará
DATA: 10.07.02107
BELÉM – PARÁ

Entre os critérios básicos para ser um doador de sangue estão: ter entre 16 e 69 anos (menores devem estar acompanhados do responsável legal), ter mais de 50kg, estar bem de saúde e portar documento de identificação original e com foto. Mas não há qualquer impedimento ao doador que tenha viagem programada. “Esse é um ato de amor ao próximo e depende apenas da vontade do voluntário. Então o convite é: antes de viajar, procure o hemocentro e doe sangue. Não há qualquer problema em pegar a estrada em seguida”, comenta a gerente.
FOTO: Ag. Pará
DATA: 10.07.02107
BELÉM – PARÁ