Rafting em Jaciara, no Mato Grosso

Foto: Heloisa Ballarini / Secom/ PMSP
Em São Paulo, Centro Esportivo e de Lazer Tietê se prepara para show do Public Enemy
18 de outubro de 2014
Foto: Heloisa Ballarini/ Secom/ PMSP
Public Enemy leva mais de 25 mil pessoas ao Centro Esportivo de Lazer Tietê, em São Paulo
18 de outubro de 2014
1359
Compartilhe
Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

18/10/2014- Jaciara- MT, Brasil- Capacete, ok. Colete salva vidas, ok. Remo, ok. Bote, ok. Começa a aventura no rio Tenente Amaral, na pequena Jaciara, a 144 quilômetros de Cuiabá – cerca de 2 horas e meia de viagem. O rio é limpo e ideal para canoagem, o que torna o rafting um dos principais produtos turísticos da cidade. O ponto de partida não poderia ser melhor, a Cachoeira da Fumaça, um “véu” de água com 30 metros de altura que é cartão postal da cidade.

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

18/10/2014- Jaciara- MT, Brasil- Para chegar até a cachoeira são cerca de 15 minutos de trilha leve, caminhando sobre o cânion por onde a água cai. Uma paradinha para apreciar a paisagem e a trilha continua. Ao chegar na parte de baixo da cachoeira nada melhor que alguns minutinhos debaixo d’água para entrar no clima. Com a alma lavada, é a vez de alongar e ter uma “aula” sobre o rafting e os principais comandos dos instrutores, só depois é que começa a descida.

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

18/10/2014- Jaciara- MT, Brasil- O rio Tenente Amaral oferece níveis de dificuldade que variam de 1 a 4 e é indicado para o público amador. As primeiras quedas d’água são mais “tranquilas” e servem como ensaio para aquilo que está por vir, especialmente a queda do Bambu, a última do passeio e também a mais alta, com 3 metros. O percurso varia entre quedas, água agitada e adrenalina e trechos de calmaria. Em alguns pontos é possível sair dos botes e aproveitar as delícias do rio, nadar e contemplar a natureza – sempre com os equipamentos de segurança, claro.

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

18/10/2014- Jaciara- MT, Brasil- Da Cachoeira da Fumaça até a queda do Bambu são cerca de duas horas de percurso. Terminado o trecho de quedas d’água, a equipe do Centro Oeste Rafting – responsável pelo passeio – avisa que a aventura não acabou. Uma trilha às margens do Tenente Amaral nos leva até a “Toca do Lobo”, uma cachoeirinha modesta mas que esconde uma caverna atrás do véu de água. Mais um momento para desacelerar e apreciar as surpresas que a natureza de Jaciara oferece.

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

18/10/2014- Jaciara- MT, Brasil- Todo mundo relaxado? A trilha continua até chegarmos ao trecho mais tranquilo do rio. Lá, hora de entrar nos botes novamente e continuar a descida pelo Tenente Amaral apreciando a mata fechada que, ao final do passeio, ainda nos presenteia com uma generosa sombra. Deslizamos pelo rio até chegar ao Balneário Rocha, o ponto final da aventura. Depois de 3 horas e 5Km rio a baixo, só resta agradecer a Jaciara e planejar o retorno.

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT

Foto: Tony Ribeiro/ Secom/ GEMT