Raúl Castro e Nicolás Maduro lideram celebração do 1º de Maio em Havana

Foto: Presidência da República
Em nova mensagem de 1º de Maio, Dilma critica terceirização irrestrita em pronunciamento pela internet
1 de maio de 2015
Foto: Servicio Nacional de Geología y Minería (30/04/2015)
Vulcão Calbuco volta a entrar em erupção no Chile
1 de maio de 2015
472
Compartilhe
Foto: Roberto Garaycoa/ Cubadebate

Foto: Roberto Garaycoa/ Cubadebate

Foto: Roberto Garaycoa/ Cubadebate

Foto: Roberto Garaycoa/ Cubadebate

01/05/2015- Havana -Cuba, O presidente de Cuba, Raúl Castro, e o líder venezuelano, Nicolás Maduro, comandaram nesta sexta-feira a grande passeata de celebração do 1º de Maio na Praça da Revolução de Havana, que será dedicada a apoiar a revolução cubana, a integração regional e a Venezuela. Castro e Maduro foram recebidos com aplausos na tribuna da esplanada, onde também estão outros dirigentes do governo cubano, líderes da Central de Trabalhadores de Cuba (CTC) e mais de 2.000 convidados estrangeiros de diferentes organizações.A principal passeata pelo Dia Internacional dos Trabalhadores na ilha tem neste ano o simbolismo de ser a primeira realizada no contexto da nova etapa de normalização de relações com os Estados Unidos.

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ladyrene Pérez/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

01/05/2015- Havana -Cuba, O presidente de Cuba, Raúl Castro, e o líder venezuelano, Nicolás Maduro, comandaram nesta sexta-feira a grande passeata de celebração do 1º de Maio na Praça da Revolução de Havana, que será dedicada a apoiar a revolução cubana, a integração regional e a Venezuela. Castro e Maduro foram recebidos com aplausos na tribuna da esplanada, onde também estão outros dirigentes do governo cubano, líderes da Central de Trabalhadores de Cuba (CTC) e mais de 2.000 convidados estrangeiros de diferentes organizações.A principal passeata pelo Dia Internacional dos Trabalhadores na ilha tem neste ano o simbolismo de ser a primeira realizada no contexto da nova etapa de normalização de relações com os Estados Unidos.

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate