Revoltados com a falta de atendimento, populares fizeram um protesto em carreata pelas ruas pedindo “Socorro!”

A Serra Catarinense voltou a ter temperaturas negativas durante o gélido amanhecer desta quinta-feira (28)
28 de maio de 2020
Navio de carga HTV-9 do Japão nas garras do braço robótico Canadarm2
28 de maio de 2020
441
Compartilhe

Manaus e São Gabriel da Cachoeira (AM) 28 05 2020 – O município de São Gabriel da Cachoeira, na região do Alto Rio Negro, localizado no noroeste do Amazonas, enfrenta uma explosão de casos de Covid-19. No período de dois meses foram confirmados 741 casos e 21 mortes, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS). As primeiras notificações da doença foram divulgadas em 26 de abril pelo Ministério da Defesa.O município está em sexto lugar entre 59 municípios do estado – no total são 62, – que mais notificaram casos confirmados de Covid-19. O primeiro é a capital Manaus, com 14.402 casos e 1.248 mortes; em segundo, Manacapuru com 2.051 notificações e 84 vítimas; em terceiro, Coari com 1.580 e 45 mortes; em quarto ,Tefé com 1.429 casos e 51 óbitos; e, em quinto, Parintins com 1.001 casos confirmados e 50 mortes. No total, o Amazonas já registrou, até o momento, 31.949 casos de Covid-19 e 1.852 mortes na pandemia, decretada em 11 de março pela Organização Mundial de Saúde.De acordo com informações do Comitê de Enfrentamento e Combate à Covid-19 em São Gabriel da Cachoeira, pelo menos 13 indígenas morreram do novo coronavírus no município. São pessoas das etnias Baré (4), Piratapuia (3), Desana (2), Baniwa (1), Tariano (1), Tukano (1) e Wanano (1).Manaus e São Gabriel da Cachoeira (AM) – O município de São Gabriel da Cachoeira, na região do Alto Rio Negro, localizado no noroeste do Amazonas, enfrenta uma explosão de casos de Covid-19. No período de dois meses foram confirmados 741 casos e 21 mortes, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS). As primeiras notificações da doença foram divulgadas em 26 de abril pelo Ministério da Defesa.

O município está em sexto lugar entre 59 municípios do estado – no total são 62, – que mais notificaram casos confirmados de Covid-19. O primeiro é a capital Manaus, com 14.402 casos e 1.248 mortes; em segundo, Manacapuru com 2.051 notificações e 84 vítimas; em terceiro, Coari com 1.580 e 45 mortes; em quarto ,Tefé com 1.429 casos e 51 óbitos; e, em quinto, Parintins com 1.001 casos confirmados e 50 mortes. No total, o Amazonas já registrou, até o momento, 31.949 casos de Covid-19 e 1.852 mortes na pandemia, decretada em 11 de março pela Organização Mundial de Saúde.De acordo com informações do Comitê de Enfrentamento e Combate à Covid-19 em São Gabriel da Cachoeira, pelo menos 13 indígenas morreram do novo coronavírus no município. São pessoas das etnias Baré (4), Piratapuia (3), Desana (2), Baniwa (1), Tariano (1), Tukano (1) e Wanano (1).(Foto: Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Real)

Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Real)

Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Real)