Rio 450 anos: século 16 foi praticamente apagado da cidade

Imagem: NASA TV
Astronautas preparam estação espacial para táxis espaciais dos EUA
22 de fevereiro de 2015
Foto Studio Colombo/ Pirelli
Pré-temporada da Fórmula 1: Lotus mostra força de novo e fecha teste em Barcelona com o melhor tempo
22 de fevereiro de 2015
417
Compartilhe
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

22/02/2015 – Rio de Janeiro – RJ, Brasil – Há 450 anos, o colonizador português Estácio de Sá desembarcava em uma praia entre os morros Cara de Cão e Pão de Açúcar, onde hoje fica o bairro da Urca. O objetivo principal era expulsar franceses que tinham se estabelecido na Baía de Guanabara sem autorização da coroa portuguesa anos antes e travar uma guerra contra os índios tamoios. Ali, o Rio de Janeiro foi fundado pela primeira vez, em 1º de março de 1565.

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

22/02/2015 – Rio de Janeiro – RJ, Brasil -O Forte São José, uma obra toda feita em pedra talhada, é parte integrante do sítio histórico da Fortaleza de São João, na entrada da Baía da Guanabara

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Vencida a guerra, em 1567, dois anos depois da fundação da cidade, o governador-geral Mem de Sá, tio de Estácio, resolveu mudar de lugar a precária vila, passando da Urca para o Morro do Castelo, deixando ali apenas um forte e algumas casas. Por motivos estratégicos, o Rio era “fundado” pela segunda vez. Desse período, no entanto, pouco restou além de relatos. Pouquíssimas estruturas físicas dos primeiros anos de colonização da cidade sobreviveram a esses quatro séculos e meio. Das construções do século 16, quase nada ficou de pé.

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Ermida Nossa Senhora do Ó, situada sob a Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Ermida Nossa Senhora do Ó, situada sob a Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Fortaleza de São João, no bairro da Urca, que começou a ser erguido em 1565