rocurador interveio em um caso de aglomeração de pessoas nos arredores de um supermercado no Paraguai

Coletiva de Imprensa no Palácio do Planalto sobre as ações de enfrentamento no combate ao Covid-19
11 de abril de 2020
Presidente da República Jair Bolsonaro, durante visita ao Hospital de Campanha de Águas Lindas de Goiás.
11 de abril de 2020
319
Compartilhe

Procurador interveio em um caso de aglomeração de pessoas nos arredores de um supermercado

A agente fiscal Teresa Sosa, interveio neste sábado em um caso de aglomeração de pessoas ocorrido nos arredores de um supermercado, porque os cidadãos supostamente pensavam que deviam usar o dinheiro recebido da Secretaria de emergência nacional (SEN) em 48 horas.

O procedimento foi dado, na sequência de uma denúncia realizada por agentes policiais da delegacia 18, em relação a uma situação de aglomeração, por pessoas que desde as 5:30 estavam formando fila nos arredores do supermercado
Os cidadãos teriam ido até lá fazer compras com o dinheiro acreditado pela SEN e nesse âmbito a procuradora Sosa esclareceu que a situação foi dada porque existe uma percepção errada de que a partir da confirmação da recepção do dinheiro, as pessoas têm 48 horas para gastar o recebido ou caso contrário perdem o montante, por isso em pouco tempo no site se juntaram mais de 300 pessoas a fim de fazer compras.

Fiscalía General de la República del Paraguay