Satélite australiano capta imagens que podem ser destroços do avião da Malaysia Airlines

Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR
Dilma participa de cerimônia de lançamento do edital Pedral do Lourenço e entrega de máquinas nos municípios do Pará
20 de março de 2014
Brasília recebe exposição “Onde a Esperança se Refugiou”
20 de março de 2014
694
Compartilhe
Foto: AMSA

Foto: AMSA

Foto: AMSA

Foto: AMSA

Sidney- Austrália, 20/03/2014- O maior dos dois objetos detectados na busca ao avião desaparecido da Malaysia Airlines tem 24 metros, informaram hoje (20) as autoridades australianas. “Os objetos são relativamente indistintos. Recebi a indicação de que eles têm uma dimensão razoável e que provavelmente estão flutuando”, disse John Young, da Autoridade de Segurança Marítima australiana. “O maior … foi estimado em 24 metros. Há também outro de menor dimensão”, acrescentou.

Foto: AMSA

Foto: AMSA

Sidney – Austrália, 20/03/2014- O primeiro-ministro australiano informou, no Parlamento, que dois objetos “possivelmente ligados” ao voo MH370, desaparecido há 12 dias, foram detectados por satélites. “Depois da análise de imagens de satélite, dois objetos possivelmente relacionados com as buscas foram identificados”, destacou. O voo MH370 partiu de Kuala Lumpur na madrugada de 8 de março e tinha chegada prevista a Pequim seis horas depois, mas desapareceu dos radares 40 minutos após a decolagem. Do total de 239 pessoas a bordo, cerca de dois terços (153) são chineses.