Satélite Copernicus Sentinel-6 Michael Freilich decolou da Base Aérea de Vandenberg

Barcelona – Manifestação contra o racismo
21 de novembro de 2020
Visita às Subestações Santana e Santa Rita em Macapá
21 de novembro de 2020
111
Compartilhe

O satélite de monitoramento do nível do mar decola
Em 21 de novembro, o satélite Copernicus Sentinel-6 Michael Freilich decolou da Base Aérea de Vandenberg, Califórnia, EUA. O satélite Copernicus Sentinel-6 Michael Freilich é o primeiro de dois satélites idênticos a fornecer medições críticas da mudança do nível do mar. Uma vez que o aumento do nível do mar é um indicador-chave das mudanças climáticas, monitorar com precisão a variação da altura da superfície do mar ao longo de décadas é essencial para a ciência do clima, para a formulação de políticas e, em última análise, para proteger a vida das pessoas nas regiões baixas risco. Uma vez em órbita e comissionada, esta nova missão assumirá o papel de missão de referência de altimetria de radar, continuando o registro de longo prazo de medições da altura da superfície do mar iniciado em 1992 pelo francês-americano Topex Poseidon e, em seguida, a série Jason de missões de satélite .

A missão Copernicus Sentinel-6 é um verdadeiro exemplo de cooperação internacional. Embora o Sentinel-6 seja uma das missões da família Copernicus da União Europeia, a sua implementação é o resultado da colaboração única entre ESA, NASA, Eumetsat e NOAA, com contribuição da agência espacial francesa CNES.

Créditos: ESA – S. Corvaja

ESA – S. Corvaja

ESA – S. Corvaja

ESA – S. Corvaja