Secretaria de Saúde de Porto Alegre, realiza bloqueio de caso importado de dengue

    382
    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA
    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA

    23/02/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- Oito agentes, em quatro equipes da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde (CGVS), realizam nesta segunda-feira, 23, bloqueio de transmissão da dengue em sete ruas e travessas do bairro Santana, com aplicação de inseticida. A ação ocorre a partir da confirmação de um caso importado de dengue em morador do bairro, que contraiu o vírus em Goiás.

    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA
    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA

    23/02/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- A aplicação do inseticida – deltametrina (piretróide), mesmo inseticida utilizado nos produtos de uso doméstico, à base de água, com baixa toxicidade para seres humanos e mamíferos em geral – está sendo feita em um raio de 150 metros da casa do paciente, num perímetro que inclui trechos das ruas Augusto Pestana, Jacinto Gomes, Jerônimo de Ornellas, Ramiro Barcelos e Santa Terezinha e travessas Ferreira de Abreu e Miranda e Castro.

    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA
    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA

    23/02/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- A ação da prefeitura foi bem recebida no bairro. Para a moradora da rua Jacinto Gomes, Ana Luísa Dias Aver, medidas de controle do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegipty, devem ser frequentes.

    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA
    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA

    23/02/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- A bióloga da CGVS Maria Mercedes Bendati destaca que a ação é dirigida ao controle do mosquito adulto. O raio de 150 metros a partir do domicílio do paciente com dengue atende à metodologia do Ministério da Saúde e, também, considera os hábitos do mosquito, que não costuma voar para distâncias maiores do que essa em busca de criadouros.

    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA
    Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA

    23/02/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- Além disso, explica Mercedes, são importantes as medidas de prevenção e controle das larvas dos mosquitos. Em Porto Alegre, 75% dos criadouros estão em imóveis residenciais. O cuidado semanal no imóvel contribui com a eliminação de larvas. Confira os itens do checklist. Porto Alegre registrou três casos de dengue em 2015, todos importados. Dois foram contraídos em viagem a Goiás e um ao interior de São Paulo.