Sema do Mato grosso aumenta em 236% apreensão de redes de pesca durante piracema

27ª Reunião do Conselho de Governo.
4 de fevereiro de 2020
Reunião da bancada do PT. Foto Lula Marques
4 de fevereiro de 2020
139
Compartilhe

Mato Grosso (MT)A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) divulgou o balanço das sanções administrativas aplicadas pela equipe da Coordenadoria de Fiscalização de Fauna durante o período de defeso da Piracema em Mato Grosso de 2019/20. Com foco em prevenção, foram apreendidas 156 redes e 29 tarrafas, entre os meses de outubro de 2019 e janeiro 2020. Um volume 236% maior do que a realizada no período de defeso 2018/19, quando 47 redes foram retiradas de circulação.Segundo o coordenador de Fiscalização de Fauna da Sema, Jean Holz, a fiscalização este ano mudou o foco para prevenir que o peixe seja retirado do rio, garantindo a reprodução para manutenção dos estoques pesqueiros. As ações de fiscalização foram realizadas em parceria com a Polícia Militar de Mato Grosso.“Uma única rede retira do rio uma grande quantidade de peixes e sem fazer distinção de medida ou tamanho. Na nossa avaliação, conseguimos evitar que toneladas e toneladas de peixes fossem retiradas do rio indevidamente”, explica Holz. Marcos Vergueiro/Secom-MT

Marcos Vergueiro/Secom-MT

Marcos Vergueiro/Secom-MT