Será inagurado amanhã (19/02) o Laboratório Espaço Hacker, na Câmara dos Deputados

Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados
Reunião com entidades de defesa dos interesses dos jornalistas na Câmara dos Deputados
18 de fevereiro de 2014
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Agência Nacional de Saúde anuncia suspensão de 111 planos de saúde
18 de fevereiro de 2014
448
Compartilhe
Foto: Lúcio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados

Foto: Lúcio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados

Brasília- DF, 18/02/2014- O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, inaugura nesta quarta-feira (19), às 17h30, o LabHacker, um espaço permanente para programadores desenvolverem aplicações que facilitem a divulgação de dados legislativos e aumentem a transparência do trabalho parlamentar. Para isso, os cidadãos que participarem do projeto terão acesso à internet e a dados públicos da Câmara dentro da própria instituição.

Foto: Lúcio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados

Foto: Lúcio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados

Brasília- DF, 18/02/2014- A experiência, pioneira em parlamentos, é um desdobramento da Maratona Hacker da Câmara, realizada em outubro de 2013. O laboratório hacker será um ambiente propício para discussões, interações e desenvolvimento colaborativo entre parlamentares, programadores, servidores públicos e cidadãos. A expectativa é que, desse ambiente participativo, saiam projetos inovadores e interativos, que permitam à sociedade conhecer melhor o trabalho parlamentar.

Foto: Lúcio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados

Foto: Lúcio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados

Brasília- DF, 18/02/2014- A programação que marca o início dos trabalhos do LabHacker começa nesta terça (18), às 9h30, com um seminário que reunirá diversos desenvolvedores atuantes em organizações voltadas para a transparência no poder público. Entre os temas a serem discutidos, estão as regras de funcionamento e o plano de trabalho deste ano para o laboratório hacker. Haverá também palestras sobre os canais e as formas de participação da sociedade no processo legislativo; o formato Dados Abertos, que permite o uso e cruzamento de todas as informações que estão no portal da Câmara; jornalismo de dados e marco civil da internet. Toda a programação será transmitida em tempo real para o Plenário 12.