Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal

Hospital Galileu implanta sistema que reduz consumo de plástico, no Para
18 de dezembro de 2017
Agricultura investe R$ 130 milhões em programas sociais, no Paraná
18 de dezembro de 2017
348
Compartilhe

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná

18/12/2017- Servidores municipais de Curitiba protestam na Câmara Municipal. Vereadores votam, em regime de urgência, aumento de alíquota de saúde desses trabalhadores e retirada de auxílio financeiro para doenças graves como AIDS. Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná