Setran lança programa para proteger o ciclista no tráfego das ruas de Curitiba

Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados
CPI da Petrobras ouve o ex-presidente da Sete Representações, João Carlos de Medeiros Ferraz
16 de junho de 2015
Foto: Lula Marques/ AgênciaPT
Ministros da justiça, Eduardo Cardozo durante Comissão de Direitos Humanos, para tratar sobre os direitos dos adolescentes e as alternativas à redução da maioridade penal
16 de junho de 2015
373
Compartilhe
Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

16/06/2015- Curitiba- PR, Brasil- Para incentivar o melhor compartilhamento entre os modais no trânsito em Curitiba, a Prefeitura de Curitiba, através da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), está implantando o Programa de Proteção ao Ciclista. O projeto prevê atividades de conscientização de motoristas para maior respeito aos ciclistas no trânsito e uma fiscalização mais efetiva dos agentes da Setran dos artigos específicos do Código de Trânsito Brasileiro (CBT) relacionados a ciclistas.

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

16/06/2015- Curitiba- PR, Brasil- “A principal finalidade do programa é aumentar a segurança para quem deseja pedalar no trânsito da cidade e fortalecer a noção de responsabilidade e direção defensiva por parte dos motoristas, que devem ter percepção e cuidados maiores com o mais vulneráveis no trânsito, os pedestres e os ciclistas”, diz a secretaria municipal de Trânsito, Luiza Simonelli. A partir desta semana, os agentes de trânsito da Coordenação de Mobilidade Urbana da Setran e da Escola Pública de Trânsito da Setran irão intensificar suas abordagens rotineiras em relação ao uso responsável da bicicleta no trânsito. Os agentes de trânsito receberam orientação sobre os artigos do CTB que fazem referência ao respeito a ciclistas e pedestres no trânsito – artigos 169, 181, 193, 201, 214 e 220.

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

16/06/2015- Curitiba- PR, Brasil- O tema estará sempre presente nos informativos periódicos direcionados a todos os agentes, bem como nos seus cursos de capacitação. A diretoria de informações da Setran irá contabilizar o número de infrações e autuações para que o Programa de Proteção ao Ciclista seja avaliado periodicamente. “Todos os agentes de trânsito da cidade estão sendo orientados a ter um olhar mais atento e cuidadoso com o ciclista e a prestarem mais atenção nas situações que envolvem o ciclista no trânsito, as infrações que são cometidas nas ruas. E também vamos atuar com relação aos ciclistas, orientando sobre o respeito à sinalização, à legislação e aos pedestres, lembrando-os que não devem andar pelas calçadas ou na contramão”, destaca Jorge Brant, o Goura, assessor da Coordenação de Mobilidade Urbana. Ele lembra que na capa dos novos talões do EstaR já consta uma referência ao artigo 201 do CTB, que fala da distância a ser mantida do veículo para o ciclista, de 1,5 metros.

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

16/06/2015- Curitiba- PR, Brasil- A estudante Carolina Vieira Colaço usa a bicicleta para todos os seus deslocamentos no dia a dia e lembra que, algumas vezes, tem problemas com os motoristas. “De vez em quando, um carro acaba vindo para cima da gente mesmo, mas tenho percebido mais respeito no trânsito. Mas é necessária a atenção sempre constante dos motoristas, e que eles percebam que podem ser multados se não nos respeitarem, pois os agentes estarão mais atentos às infrações agora”, afirma. O também estudante Eduardo Maciel lembra que muitos condutores acabam avançando até em quem está utilizando a ciclofaixa preferencial. “Nas ruas, temos motoristas que respeitam o ciclista e outros não. Acho que agora, com uma maior ação dos agentes, ficará mais seguro para nós”, diz.