soldado da Guarda Nacional do Exército da Geórgia atingido por gás lacrimogêneo durante operações de aplicação de toque de recolher em Atlanta

Testes de Covid-19 realizados nesta manhã no Cruzeiro na Toca da Raposa 2 em Belo Horizonte.
3 de junho de 2020
Secretário de Saúde Fernando Ferry, durante a intervenção no hospital de campanha do Maracanã.
3 de junho de 2020
283
Compartilhe

Um médico do 116º Grupo Médico da Guarda Nacional Aérea da Geórgia trata um soldado da Guarda Nacional do Exército da Geórgia que foi impactado por gás lacrimogêneo durante operações de aplicação de toque de recolher em Atlanta, em 2 de junho de 2020. (Foto da Guarda Nacional pelo major William Carraway)

Um soldado da Guarda Nacional do Exército da Geórgia do 1º Esquadrão com sede em Calhoun, 108º Regimento de Cavalaria, fica ao lado da Patrulha Estadual da Geórgia em Atlanta em 2 de junho de 2020 para garantir a segurança pública durante manifestações de protesto (foto da Guarda Nacional do Exército dos EUA pela equipe. Sgt Amy King )

Um médico do 116º Grupo Médico da Guarda Nacional Aérea da Geórgia trata um soldado da Guarda Nacional do Exército da Geórgia que foi impactado por gás lacrimogêneo durante operações de aplicação de toque de recolher em Atlanta, em 2 de junho de 2020. (Foto da Guarda Nacional pelo major William Carraway)

O sargento-mor Roy Royert, conselheiro sênior do Departamento de Defesa de Ga., Conversa com um veterano do Exército que se ofereceu para prestar serviços de primeiros socorros a cidadãos reunidos para um protesto pacífico em Atlanta, em 2 de junho de 2020. (Foto da Guarda Nacional por Maj. William Carraway)

Um soldado da Guarda Nacional da Geórgia interage com os cidadãos durante um protesto pacífico em Atlanta, em 2 de junho de 2020. (Foto da Guarda Nacional do major William Carraway)