STF sedia encontro de presidentes e juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina

Vladimir Putin durante encontro com chefes de agências de notícias
1 de junho de 2017
Embarque do último contingente Militar Brasileiro para Missão de Paz no Haiti (MINUSTAH)
1 de junho de 2017
500
Compartilhe

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Brasília – O procurador-geral da União, Rodrigo Janot, e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), durante o 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O procurador-geral da União, Rodrigo Janot, e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), durante o 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O procurador-geral da União, Rodrigo Janot, e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), durante o 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, e o ministro Gilmar Mendes, participam do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O procurador-geral da União, Rodrigo Janot, participa do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no Supremo Tribunal Federal (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no Supremo Tribunal Federal (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O procurador-geral da União, Rodrigo Janot, e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), durante o 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O procurador-geral da União, Rodrigo Janot, participa do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no Supremo Tribunal Federal (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, participa do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no STF (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, participa do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no STF (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, participa do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no STF (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O procurador-geral da União, Rodrigo Janot, e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), durante o 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O presidente do TSE e ministro do STF, Gilmar Mendes, participa do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no STF (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O presidente do TSE e ministro do STF, Gilmar Mendes, participa do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina, no STF (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, e o ministro Gilmar Mendes, participam do 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Brasília – O ministro do STF, Alexandre de Moraes, e a advogada-geral da União, Grace Mendonça, no 23º Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

1º/6/2017- Brasília- DF, Brasil- XXIII Encontro de Presidentes e Juízes de Tribunais Constitucionais da América Latina. O encontro tem como objetivo gerar um diálogo franco e de confiança entre os magistrados, os juízes da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) e especialistas internacionais sobre questões de direito constitucional e direitos fundamentais na América Latina. O evento é promovido anualmente pelo Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer em colaboração com o Poder Judiciário do país sede, que este ano será o Brasil. Foto: Nelson Jr./SCO/STF