Temer disse que a mentira “causa repulsa” em video

Governo lança campanha nacional de vacinação contra a gripe
13 de abril de 2017
Bahia é o estado que mais produz cacau e a agricultura familiar é responsável por 90% desta produção
14 de abril de 2017
343
Compartilhe
foto : Site Presidência

foto : Site Presidência

O presidente Michel Temer gravou um vídeo hoje (13) negando qualquer participação no acerto de pagamento de propina da Odebrecht ao PMDB.

 foto : Site Presidência

foto : Site Presidência

14/;04/2017- Brasilia DF Brasil-O presidente Michel Temer gravou um vídeo hoje ( negando qualquer participação no acerto de pagamento de propina da Odebrecht ao PMDB. Temer disse que a mentira “causa repulsa” e que “jamais colocaria em risco” sua biografia. O vídeo foi divulgado pela assessoria do Palácio do Planalto na tarde da quinta feira foto Site presidencia

14/;04/2017- Brasilia DF Brasil-O presidente Michel Temer gravou um vídeo hoje ( negando qualquer participação no acerto de pagamento de propina da Odebrecht ao PMDB. Temer disse que a mentira “causa repulsa” e que “jamais colocaria em risco” sua biografia. O vídeo foi divulgado pela assessoria do Palácio do Planalto na tarde da quinta feira foto Site presidencia

14/;04/2017- Brasilia DF Brasil-O presidente Michel Temer gravou um vídeo hoje ( negando qualquer participação no acerto de pagamento de propina da Odebrecht ao PMDB. Temer disse que a mentira “causa repulsa” e que “jamais colocaria em risco” sua biografia. O vídeo foi divulgado pela assessoria do Palácio do Planalto na tarde da quinta feira foto Site presidencia

14/;04/2017- Brasilia DF Brasil-O presidente Michel Temer gravou um vídeo hoje ( negando qualquer participação no acerto de pagamento de propina da Odebrecht ao PMDB. Temer disse que a mentira “causa repulsa” e que “jamais colocaria em risco” sua biografia. O vídeo foi divulgado pela assessoria do Palácio do Planalto na tarde da quinta feira foto Site presidencia

e que “jamais colocaria em risco” sua biografia. O vídeo foi divulgado pela assessoria do Palácio do Planalto na tarde de quinta feira