Doe para manter o maior site de fotojornalismo grátis do mundo.
27 de dezembro de 2018
Cara a cara com a lua
27 de dezembro de 2018
304
Compartilhe

Entre o Natal e o Santo Estêvão, um terremoto de magnitude 4,8 copiou a provincai de Catania, o epicentro do município de Viagrande, a uma profundidade de 1 quilômetro. Durante o dia 26 de dezembro, foram concluídas as operações relacionadas ao resgate da população e a restauração das condições mínimas de segurança.

O terremoto causou grandes danos estruturais a várias casas particulares e estabelecimentos públicos, as principais intervenções dos bombeiros foram realizadas nas cidades de Viagrande, Trecastagni Acireale, Aci Sant’Antonio, Aci Castello, Zafferana, Giarre e S.Venerina .

Foi prontamente mandado enviar quatro seções operacionais da versão do terremoto do comando de Palermo, Messina, Siracusa e Enna, enquanto outras duas seções operacionais vieram da Calábria, de Reggio e Catanzaro.

À noite, foi ordenado que enviassem quatro seções operacionais regionais dos controles de Trapani, Caltanissetta, Ragusa e Agrigento. Desde a manhã, o comando da Catania organizou a duplicação da mudança de serviço. Atualmente, 326 unidades estão operando com o apoio de 101 veículos.

Nas primeiras fases de intervenção, 50 pessoas foram resgatadas e resgatadas nas casas danificadas, dentre elas, 10 ficaram feridas. Mais tarde, outras pessoas recorreram a cuidados de saúde para várias doenças ou ferimentos.

Nos escritórios dos municípios Zafferana Santa Venerina, Aci Catena e Aci S. Antonio, o COC (Municipal Operations Center foram estabelecidas), Acireale é uma COM ativa enquanto na Prefeitura é sobre as CCS (Aid Coordination Center) .

A atividade sísmica do Etna permanece sob controle, assim como a atividade do magma que continua se movendo e que poderia levar à ativação de outras falhas. Aquela que causou o terremoto na noite de Santo Stefano é a falha de Fiandaca, a mesma que no terremoto de 1984.

Vigili del Fuoco

Vigili del Fuoco

Vigili del Fuoco

Vigili del Fuoco