Uma equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) está no município para fazer o monitoramento dos níveis das bacias do sistema de tratamento dos rejeitos da Bauxita

Agricultura familiar sustenta a produção de mandioca e a mesa do paraense
26 de fevereiro de 2018
Neve na Itália
26 de fevereiro de 2018
554
Compartilhe

BELÉM – PARÁ 26 02 2018 O prazo que o Governo do Estado deu para que a empresa de alumínio Hydro Alunorte adote procedimentos e mecanismos seguros ambientalmente, a fim de que as bacias de resíduos da empresa baixem os níveis em pelo menos um metro – o que é definido tecnicamente como padrão de segurança com comprovação permanente da redução e manutenção dos níveis. Uma equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) está no município para fazer o monitoramento dos níveis das bacias do sistema de tratamento dos rejeitos da Bauxita. “Vamos montar equipes para, de duas em duas horas, avaliar o nível das bacias. Em caso de chuva o monitoramento será feito de uma em uma hora”, explicou Rejiane Santos, geóloga da Diretoria de Licenciamento Ambiental da Semas.FOTO: IGOR BRANDÃO / AG PARÁ

IGOR BRANDÃO / AG PARÁ

IGOR BRANDÃO / AG PARÁ

IGOR BRANDÃO / AG PARÁ

IGOR BRANDÃO / AG PARÁ

IGOR BRANDÃO / AG PARÁ

IGOR BRANDÃO / AG PARÁ