Vadimir Putin durante encontro com membros do governo