Vigilância Sanitária inspeciona lotes de carne na rede pública de ensino do DF

Comissão de Direitos Humanos do Senado aprova reajuste de pensão de portadores da Síndrome de Talidomida
22 de março de 2017
Prefeitura de São Paulo participa de lançamento da nova fase do Programa Nossa Guarapiranga
22 de março de 2017
495
Compartilhe

21/3/2017- Brasília- DF, Brasil- A Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, inspecionou na manhã desta terça (21) o Jardim de Infância 1, no Cruzeiro. O objetivo foi verificar os dois lotes de carnes recebidos pela escola da Empresa JBS, responsável pelos produtos Friboi e investigada na Operação Carne Fraca da Polícia Federal. As peças estavam armazenadas em freezers com a temperatura de -12,4 graus, ideal para esse tipo de produto. Os fiscais observaram também a boa limpeza da cozinha, a proteção de telas para barrar a entrada de insetos e o uniforme adequado das cozinheiras. Foram retiradas três amostras de cada um dos lotes de carne, com 2 quilos cada uma, para análises físico-químicas e microbiológicas. A previsão é divulgar o laudo em até 10 dias. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

21/3/2017- Brasília- DF, Brasil- A Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, inspecionou na manhã desta terça (21) o Jardim de Infância 1, no Cruzeiro. O objetivo foi verificar os dois lotes de carnes recebidos pela escola da Empresa JBS, responsável pelos produtos Friboi e investigada na Operação Carne Fraca da Polícia Federal. As peças estavam armazenadas em freezers com a temperatura de -12,4 graus, ideal para esse tipo de produto. Os fiscais observaram também a boa limpeza da cozinha, a proteção de telas para barrar a entrada de insetos e o uniforme adequado das cozinheiras. Foram retiradas três amostras de cada um dos lotes de carne, com 2 quilos cada uma, para análises físico-químicas e microbiológicas. A previsão é divulgar o laudo em até 10 dias. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

21/3/2017- Brasília- DF, Brasil- A Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, inspecionou na manhã desta terça (21) o Jardim de Infância 1, no Cruzeiro. O objetivo foi verificar os dois lotes de carnes recebidos pela escola da Empresa JBS, responsável pelos produtos Friboi e investigada na Operação Carne Fraca da Polícia Federal. As peças estavam armazenadas em freezers com a temperatura de -12,4 graus, ideal para esse tipo de produto. Os fiscais observaram também a boa limpeza da cozinha, a proteção de telas para barrar a entrada de insetos e o uniforme adequado das cozinheiras. Foram retiradas três amostras de cada um dos lotes de carne, com 2 quilos cada uma, para análises físico-químicas e microbiológicas. A previsão é divulgar o laudo em até 10 dias. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

21/3/2017- Brasília- DF, Brasil- A Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, inspecionou na manhã desta terça (21) o Jardim de Infância 1, no Cruzeiro. O objetivo foi verificar os dois lotes de carnes recebidos pela escola da Empresa JBS, responsável pelos produtos Friboi e investigada na Operação Carne Fraca da Polícia Federal. As peças estavam armazenadas em freezers com a temperatura de -12,4 graus, ideal para esse tipo de produto. Os fiscais observaram também a boa limpeza da cozinha, a proteção de telas para barrar a entrada de insetos e o uniforme adequado das cozinheiras. Foram retiradas três amostras de cada um dos lotes de carne, com 2 quilos cada uma, para análises físico-químicas e microbiológicas. A previsão é divulgar o laudo em até 10 dias. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

21/3/2017- Brasília- DF, Brasil- A Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, inspecionou na manhã desta terça (21) o Jardim de Infância 1, no Cruzeiro. O objetivo foi verificar os dois lotes de carnes recebidos pela escola da Empresa JBS, responsável pelos produtos Friboi e investigada na Operação Carne Fraca da Polícia Federal. As peças estavam armazenadas em freezers com a temperatura de -12,4 graus, ideal para esse tipo de produto. Os fiscais observaram também a boa limpeza da cozinha, a proteção de telas para barrar a entrada de insetos e o uniforme adequado das cozinheiras. Foram retiradas três amostras de cada um dos lotes de carne, com 2 quilos cada uma, para análises físico-químicas e microbiológicas. A previsão é divulgar o laudo em até 10 dias. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

21/3/2017- Brasília- DF, Brasil- A Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, inspecionou na manhã desta terça (21) o Jardim de Infância 1, no Cruzeiro. O objetivo foi verificar os dois lotes de carnes recebidos pela escola da Empresa JBS, responsável pelos produtos Friboi e investigada na Operação Carne Fraca da Polícia Federal. As peças estavam armazenadas em freezers com a temperatura de -12,4 graus, ideal para esse tipo de produto. Os fiscais observaram também a boa limpeza da cozinha, a proteção de telas para barrar a entrada de insetos e o uniforme adequado das cozinheiras. Foram retiradas três amostras de cada um dos lotes de carne, com 2 quilos cada uma, para análises físico-químicas e microbiológicas. A previsão é divulgar o laudo em até 10 dias. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.