Vladimir Putin na reunião do Conselho Presidencial para Ciência e Educação no Kremlin.