Vladimir Putin em reunião com o Governador da Região de Tula, Alexei Dyumin.