Warm up do Moto 1000 GP de Motovelocidade, em Curitiba

Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas
Copa do Mundo de Ginástica 2015 em São Paulo: Provas (domingo)
3 de maio de 2015
O secretário de Estado americano, John Kerry, durante visita ao Sri Lanka
3 de maio de 2015
439
Compartilhe
Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

03/05/2015 – Curitiba – O warm up do GP Petrobras, último contato dos pilotos do Moto 1000 GP com a pista do Autódromo Internacional de Curitiba antes da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, tornou a evidenciar o equilíbrio técnico entre as marcas de motocicletas que compõem o grid. A principal série da competição apresentou quatro marcas de motocicletas preenchendo as quatro primeiras posições no resultado do treino de aquecimento. Na foto acima, Ton Kawakami (6) foi o mais rápido no último treino para o GP Petrobras.

A GP 1000 teve o campeão Matthieu Lussiana como mais rápido. O francês da BMW Motorrad Petronas Racing obteve 0s776 de vantagem sobre o argentino Luciano Ribodino, do Team Suzuki PRT. Piloto da Kawasaki da Target Race Superbike Team, o italiano Sebastiano Zerbo foi o terceiro. O quarto foi Miguel Praia, português da Center Moto Racing Team, piloto de uma Honda. Na classe Evo, o mais rápido foi Diego Pretel, com a Ducati da DRT.

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

03/05/2015 – Curitiba – Eric Granado manteve no warm up o domínio que impôs à programação do GP Petrobras em Curitiba.

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

03/05/2015 – Curitiba – Matthieu Lussiana estabeleceu a volta mais rápida da GP 1000 com a moto BMW número 1.

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação

Fotos: Rodrigo Ruiz/ Grelak Comunicação